Wine – Simulando o Windows no Linux/Unix.

Configurando o Wine

Muitos me perguntam se é possivel rodar aplicativos do Windows no Linux. Sim! Isso é possível, mas para que isso aconteça vc precisa ter uma versão do wine compilada para Linux.  O software wine é um simulador do sistema Micro$oft para Linux e Unix. Veja bem, eu disse simulador! O simulador wine é praticamente uma “versão” do Windows que vc tem instalado na sua máquina onde vc tem toda a estrutura do Windows e seus arquivos. O mais interessante é a portabilidade de bibliotecas .dll do sistema do mal para o Linux/Unix.

Eu recomendo que vc entre no site do wine em www.winehq.org e faça o download dos fontes mais atualizados ou adicione seus devidos repositorios em apt,yum,pacman,ports e outros. Reomendo  que vc utilize também  o playonline que se é uma espécie de frontend do wine cheia de opções que melhora o seu desempenho (www.playonlinux.com). Lembrando que existe tambem as versões comerciais do wine como o Wine Crossoffce e o Cedega (antigo winex), que permite rodar qualquer jogo de windows no linux.

Após concluir com a compilação ou instalação via gerenciadores de pacotes, vamos entender a sua configuração.

a) digite #winecfg para a configuracao do wine. Na tela de configuração do wine(que precisa ser feita na parte gráfica), vc pode escolher a versão do sistema que ele vai simular, habilitar o suporte a aceleração grafica por hardware e permitir acessos a dispositivos montados.

Quando compilamos o wine em cada perfil de conta de usuario cria-se um diretorio oculto com o perfil do wine, mediante aquele usuario para que ele tenha acesso somente as aplicações que ele instalou usando o wine. Por exemplo, a conta de usuario tux possui o seu $HOME em /home/tux cujo onde esta todos os arquivos que pertencem a este usuario correto? La dentro vc possui agora um diretorio .wine para a centralização do perfil d wine para o usuario tux.

$cd ~tux/.wine
e estamos dentro do diretorio. Dentro do diretorio .wine vc vai encontrar um outro diretorio chamado “drive_c” que que na verdade é a simulação do nojento c:\.  Dentro do diretorio drive_c vc vai encontrar toda a estutura de diretorios do Windows. Como Arquivos de Programas/Programs Files E Windows.

Qualquer programa de Windows vc podera pelo grafica instalar com apenas 2 cliques no seu arquivo .exe OU pelo shell utilizando o comando #wine na frete do arquivo pois vale lembrar que o Linux nao entende extenções do tipo .exe ou .bat ” graças a Deus “.

Inclusive vc vai encontrar nos diretorios do Wine algumas coisas interessantes como:
#wine regedit.exe
#wine notepad.exe
#wine windows/system32/cmd.exe
#wine windows/system32/winver.exe

*Nunca se esqueça do caminho completo: “/home/USER/.wine/drive_c/”

vale lembrar que o wine ja esta disponibilizado para o Solaris também a muito tempo.
www.winehq.org

Falow e abraços a todos;

logo_linux

Aprĩgio Simões

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Powered by Moblie Video for WordPress + Daniel Watrous