Atualizando o kernel no Ubuntu

Como atualizar o kernel ” pré-compilado “, do Ubuntu pelo dpkg

O site do linux, onde se encontra o kernel source para download é www.kernel.org,que voce mesmo pode entrar, baixar o source code e compilar de acordo com a sua máquina, possibilitando o componente ou não, atraves dos procedimentos de compilação do kernel e definimos se o módulo é ou não carregado na imagem do kernel quando o mesmo for montado no procedimento de boot, estamos falando da imagem initrd.img localizada no /boot, quando assim criada pelo administrador Linux no processo de compilação com os comandos mkinitrd (distribuições baseadas em Red Hat), ou mkinitramfs (distribuições baseadas em Debian como o Ubuntu). Ou então, quando a imagem é construída pelo administrador de maneira em que todos os módulos do kernel sejam definidos como built-in, o mesmo será nativamente carregado atraves de uma única imagem do kernel, funcionando como monolítico (o meu preferido), e então sendo oferecido totalmente a sua arquitetura como um padrão. Ou seja, se voce compila o kernel com suporte a adaptadores de rede somente da intel e amanha colocar um adaptador da realtek (não faça isso), voce terá que compilar o kernel novamente e gerar uma nova imagem de entrada em boot do kernel. Estou me referindo a imagem vmlinuz que se encontra no diretório /boot do seu sistema. Vale lembrar, que o nome de entrada para o kernel pode ser qualquer um, ja que é voce que define quando o arquivo bzImage for copiado do diretório arch/boot/ do seu processo de compilação para o diretório /boot. O interessante notar, é que quando vc esta nos padrões, ao utilizar o update-grub, ele automaticamente pode colocar o mesmo ja escrito no arquivo de configuração do grub (/boot/grub/grub.cfg para o grub2), para arrancar no próximo boot, caso não esteja nos padrões, voce mesmo terá que justificar o arquivo em grub.cfg. Mas isso é outro asunto.

Vale lembrar que o kernel utilizado no Ubuntu é monolítico, ou seja, conhecido como genérico, pois ele depende dessa imagem que é montada no procedimento de boot e quando o componente detectado pelo agente do kernel, é o módulo automaticamente carregado no procedimento de boot ou posteriormente caso tenha necessidade. Ja o Ubuntu Server utiliza o kernel modular específico, com tais módulos para controladores de raid e outros específicos para a imagem de entrada. Não sendo o caso, não parecido com o kernel genérico para o Ubuntu Desktop, que contem módulos em procedimento modular na personalização do kernel pelo mantedor, que permite tudo aquilo com relação ao usuário, como placas de vídeo, som, bluetooth e outros serem acionados assim que forem detectados. A vantagem de vc compilar o kernel (outro procedimento), é vc ter uma imagem personalizada por vc mesmo, que vc mesmo administrador, define o que é suportado ou não. Nada, automaticamente carregado em imagem.

O procedimento de instalação do Kernel no formato deb para o Ubuntu é realizado pelo dpkg, que é o verdadeiro e único gerenciador de pacotes para o Debian/Ubuntu.

Para atualizar o kernel do Ubuntu, vá ao site:

http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline

E baixe os seguintes arquivos que pertencem a imagem pré-compilada: (1) linux-image, (2) linux-keaders e (3) linux-headers-all

Para 32 bits: linux-image-<VERSÃO>_i386.deb, linux-headers-3.0.0-0300-generic_<VERSÃO>_i386.deb e linux-headers-<VERSÃO>_all.deb.

Para 64 bits: linux-image-<VERSÃO>_amd64.deb, linux-headers-3.0.0-0300-generic_<VERSÃO>_amd64.deb e linux-headers-XXXXXXXXXXXXX_all.deb.

NOTA: substitua o <VERSÃO> pela versão que deseja baixar. 

Coloque todos os seguintes arquivos dentro de um diretório específico como em /tmp/kernelupgrade/ (este sub-diretório não existe, vc terá que criar com o comando mkdir /tmp/kernelupgrade), e entre com o seu terminal (CONTROL + ALT + T), e digite o seguinte comando para instalar, como root ou por janelas de root com sudo:

# cd /tmp/kernelupgrade

# dpkg -i *deb

Quando for concluída a instalação sem erros, apenas verifique no seu diretório /boot, se existe os seguintes arquivos:

config-VERSÃO-generic
initrd.img-VERSÃO-generic
vmlinuz-VERSÃO-generic

sendo:

config-VERSÃO-generic  -> arquivo que estão as opções definidas no procedimento de compilação do mantedor.
initrd.img-VERSÃO-generic  -> imagem do micro-kernel, com todos os módulos que poderão ser carregados e descarregados.
vmlinuz-VERSÃO-generic  -> imagem monolítica do kernel, arquivo principal do kernel, contém a imagem do seu kernel compilado pelo mantedor.

Caso todos os arquivos estejam presentes no diretório /boot, basta apenas reiniciar a sua máquina com o comando:

#shutdown -r now
ou apenas o comando reboot 

Após o seu sistema for reinicializado, digite o comando: uname -r , para verificar o kernel que o Ubuntu esta usando.

Powered by Moblie Video for WordPress + Daniel Watrous