UEFI dualboot Windows 8 com Ubuntu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como instalar o Ubuntu em dualboot com Windows 8, em máquinas com UEFI e fazer o próprio Windows 8 Boot Loader gerenciar o boot do Ubuntu.

O exemplo que vou mostrar aqui foi realizado em cima de uma placa-mãe ASRock com UEFI e suporte ao secure boot (que pela ultima vez, não é da microsoft, é um suporte da UEFI).

Nesse exemplo foi usado as 2 instalações, tanto do Windows 8, como do Ubuntu 12.10, imagens de 64 bits sendo praticamente um pré-requisito para firmware UEFI, para desempenho, lembro que funciona também de 32 bits. Como eu nao sou maluco de instalar Windows 8 na minha máquina, então agradeço o pessoal do linuxbsd pelos screenshoots.

Com as 2 mídias de instalação, faça a instalação primeiro do Windows 8, ou caso ele ja esteja instalado, crie as partições dentro do seu gerenciador de partições do Windows, seja na instalação ou fora. Porque? Como o Windows 8 possui o suporte a partições EFI GPT, nao tem problema vc intalar ele primeiro. Assim como o OSX em hardware da Apple, é necessário vc particionar o disco pelo sistema ja instalado, tudo porque como a UEFI nao suporta partições do tipo msdos como nas antigas BIOS, o sistema trabalha com uma grande área extendida que é reservada como um “volume” e usado pelo setor de boot. Ai ai ai, eu nao falei de secureboot, vc so ativa ele SE (vou repetir, SE), vc quiser e dentro do Windows ou por CLI na instalação.

Este procedimento e exemplo, é apenas para que voce mantenha o Windows 8′s boot manager, o gerenciador de boot do Windows como “Primary OS Boot loader”. Voce pode usar o grub2? Sim! Como na minha materia anterior, voce pode fazer isso criando uma area(primeira partição), com até 200MB do tipo “EFI Partition” (EFI GPT), como mencionado na imagem. Mas este procedimento é mostrar que alem do dualboot com o Windows 8, vamos usar o proprio gerenciador de boot deles para arrancar a partição de boot do Ubuntu. Então após a instalação do Ubuntu, será necessário vc entrar no Windows 8, instalar uma aplicação chamada “EasyBCD community edition“, cujo seu mantenedor é http://neosmart.net/EasyBCD/ para criar as entradas de boot no Windows 8 Boot Configuration Data (BCD).

Apos vc deixar um espaço para a instalação do Ubuntu dentro do sistema do mal, ops, Windows 8, então conclua a instalação ou se o sistema ja estava instalado apenas inicie a instalação do Ubuntu. Mas cuidado! Para voce não perder a instalação do Windows 8 (tomara que vc perca, rs), é necessário clicar em “something else” ou seja, na opção que permite vc configurar manualmente e redimensionar o tamanho das partições Linux, usadas pelo Ubuntu.
Observações: Voce na instalação do Ubuntu vai notar que o sistema vai te conduzir criar as partições lógicas. Como o Windows ja foi instalado e a sua área de boot também, o correto é que em maquinas com EFI, somente precisam de partições lógicas, sendo que a propria partição EFI GPT ja é responsável pelo boot. E no Linux, assim que vc cria a primeira partição lógica pelo uniquity, anaconda, cfdisk e parted (e não pelo fdisk), automaticamente o sistema cria a área extendida. Voce somente vai precisar criar uma única partição primária para montar em /boot. (Em máquinas com BIOS existe uma limitação da MBR de até no máximo 4 partições primárias).

Ponto de atenção: Para vc não destruir o Windows 8 boot e perder tudo, basta vc instalar o grub na partição de boot, como no nosso exemplo esta em /dev/sda3 e não no /dev/sda como se fosse a antiga MBR, deixa que o Windows 8 gerencia o boot. Vale lembrar que como ja mencionei, vocẽ tmabém tem a disponibilidade de realizar o dualboot pelo grub normalmente, basta seguir os procedimentos nas matérias no final para desativar o secureboot, fastboot e outros bloqueios de SSD Caching.

 

Procedimentos de instalação:

1) Entre na UEFI e altere o boot start para o CD/DVD e entre na instalação do sistema do mal, ops, Windows 8. Este exemplo tem um disco tem um espaço não alocado. Foi usado um disco de 500GB nesse tutorial, mas aslgumas discrepâncias de tamanhos no Windows e Ubuntu é devido a vários testes realizados em hardwares diferentes, mas da tudo no mesmo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2) Crie as partições normalmente para o Windows, que neste exemplo foi criado uma partição de 75GB. Ao concluir o procedimento note a System Reserved partition, reservado para o sistema Windows or GPT. A partição de sistema reservada sempre tem 350 MB de espaço em disco e como não há diferenças no instalador horrível do Windows para as versões anteriores, segue os passos de finalização da mesma até ser concluída e inicie a instalação com o CD do Ubuntu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3) Entre com o CD de instalação do PODER, ops, Ubuntu e opte pelo particionamento manual dos discos conforme a imagem abaixo. Tudo leva menos de 4,9 GB de espaço em disco, compare isso com quase 15 GB para uma nova instalação do Windows 8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4) A primeira partição que voce vai criar é a de boot, o que será montado em /boot. Bom eu sempre fiz essa partição com ext2 devido a não utilização de jounaling a ela, mas faça como achar melhor. Essa área necessita ter apenas de 250 MB a 350MB.

 

 

 

 

 

 

5) Apos criar a partição de boot para o Ubuntu, foram criadas as patições SWAP, HOME e raiz de acordo com a disponibilidade do disco.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMPORTANTE:Vale lembrar, como mencionado antes, que a instalação do Ubuntu não é a padrão, vamos ter que respeitar que o Windows 8 esta como OS Primary na máquina, ou seja, na opção de instalação do gerenciador de boot, o grub, não opte pelo disco, como fazemos em hardware PC com a firmware BIOS diretamente na MBR, mas na partição de boot que foi montado o seu /boot, que no exemplo abaixo esta em /dev/sda3 (montado em /boot). Muito cuidado nessa hora, pois se vc errar vc estará destruindo o OS Loader do Windows 8. Note que foi alterado, conforme a imagem acima e sendo comparada a imagem abaixo a localização de instalação do grub, o nosso gerenciador de boot em “device for boot loader installation”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6) Última tarefa e final, é adicionar uma entrada para o Ubuntu 12.10 ao menu de inicialização do Windows 8 e existem várias opções para fazer isso, uma delas é através do rEFInd, que é utilizado pelo procedimento de dualboot em hardware da apple e que permite mesmo com os procedimentos de boot do OSX vc tenha outra informação de GUID para arranque de vários sistemas operacionais e como ja escrevi no inicio da matéria através do próprio Boot Configuration Data (BCD), que é o gerenciador de boot do Windows, através do EasyBCD, que permite editar as entradas de boot do Windows 7 e 8, conforme ja foi mencionado no começo dessa matéria. Após instalar a aplicação no Windows, basta abrir e então editar o menu conforme a imagem abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7) Apos clicar em Add New Entry ou ” Nova entrada”, selecione Linux/BSD e marque em TYPE como GRUB2, em NAME coloque Ubuntu 12.10 (se for o seu caso), e em DRIVE marque, “Automatically locate and load”, e então clique em ADD ENTRY, conforme a imagem abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8) Clique em “Edit Boot Menu, e em Modify Menu Entries voce pode definir quem é o principal de entrada, como fazemos na linha Default do grub e até mesmo definir a ordem de boot. Voce pode também alterar o TIMEOUT para que o Boot Loader do Windows 8 mantenha mais tempo em execução para a seleção do sistema operacional, Windows 8 ou Ubuntu em máquinas com UEFI ;)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado da instalação dos 2 sistemas operacionais em hardware com UEFI é o gerenciador de boot do WIndows 8, gerenciando também o boot do Ubuntu, que feio heim?
Mas lembre-se, se vc nao usa dualboot assim como eu, então esqueca todo o procedimento e instale normalmente o Ubuntu respeitando a partição de boot com 200MB para a EFI GPT BOOT e va dormir tranquilo.

 

Outras matérias a respeito: 

Entendendo a UEFI http://www.aprigiosimoes.com.br/2013/05/30/uefi/

FastBoot, SecureBoot e UEFI http://www.aprigiosimoes.com.br/2013/06/01/fastboot-secureboot-e-uefi/

Windows 8, eu não recomendo: http://www.aprigiosimoes.com.br/2012/03/03/windows-8-eu-nao-recomendo/

Detonando o Windows 8, engenharia reversa: http://www.aprigiosimoes.com.br/2012/10/20/detonando-o-windows-8-engenharia-reversa/

Instalando o Ubuntu em MAC: http://www.aprigiosimoes.com.br/2011/01/08/ubuntu-em-mac/


Powered by Moblie Video for WordPress + Daniel Watrous